Constelações Familiares – Formação avançada

Direção partilhada de facilitadores .

“Somente quando estamos em sintonia com o nosso destino, com os nossos pais, com a nossa origem e tomamos o nosso lugar, temos força.”
– Bert Hellinger –


O desenvolvimento do facilitador de constelações começa, antes de tudo, no caminho que se abre sobre si mesmo. Dirigido a si, à sua alma, este só pode encontrar o lugar ao qual pertence – o seu Grupo. Aqui reside a grande alma, a verdadeira Alma. Aquela que mostra tudo o que precisa de ver e sentir. Após esse caminho o facilitador precisa abrir a sua alma em direção a outras almas trazendo consigo a chave da reverência e o olhar ampliado que o dirige ao serviço. E no serviço encontra a Paz. – José Miguel Silva

A QUEM SE DIRIGE ESTA FORMAÇÃO? 

Apenas a ex-alunos da formação anual.

A esses caminheiros que atravessaram o caminho da iniciação em constelações familiares. Os alunos certificados com o primeiro ano de formação: aqueles que sentem o apelo de prosseguir na jornada prática de orientar os processos dos outros; aos que pretendem investigar em profundidade qual o seu lugar nesta abordagem de Bert Hellinger. Encontrar os seus desafios e rasgar corajosamente os véus que ainda limitam a sua ação. Pretende-se que o aluno pratique o “olhar sistémico” e seja capaz de abrir espaço para se treinar e acompanhar outros através desta via.

As Constelações Familiares são uma via subtil e profunda que permite a compreensão dos problemas que limitam a nossa vida e que têm na sua base o sistema que nos pertence. O desenvolvimento deste olhar sistémico traz uma maior amplitude e uma dimensão mais intuitiva àqueles que exercem a sua vocação no acompanhamento a outros. As constelações ajudam a compreender processos que, à primeira vista, não são muito evidentes, e que nos levam a um campo de consciência profundo, onde se podem observar as implicações, lealdades, “amor cego” e desequilíbrios que estão na base do sofrimento dos pacientes.


OBJETIVOS

O OBJETIVO desta direção partilhada é dotar o facilitador de uma base prática de aplicação dos conhecimentos e vivências profundas adquiridas no ano anterior. Trata-se de um espaço seguro para praticar, para aprender ainda mais e para sentir, definitivamente, que o caminho faz-se caminhando. Este espaço é composto apenas por ex-alunos no qual, cada um, terá a oportunidade de facilitar os processos, movimentos e constelações dos seus pares. Uma direção partilhada entre todos e supervisionada por um olhar experiente. Espera-se que deste processo os facilitadores afinem o manuseamento da abordagem e recebam as orientações para o seu crescimento profissional.                       


PROCESSO E DURAÇÃO

A formação desenvolve-se ao longo de cinco encontros de fim-de-semana, de novembro a julho no seguinte horário: Sábado (9h-18h) e Domingo (9h-13h).


METODOLOGIA

Os alunos trabalharão as temáticas dos seus pares e receberão o apoio do formador. Podem ser utilizadas as metodologias de grupo, e individuais (bonecos ou papeis) consoante a necessidade de cada aluno. Terão ainda a oportunidade de vivenciar movimentos que ajudem a integrar o lugar de facilitador e colocar todas as questões práticas. 60 horas de trabalho prático.


CERTIFICADO

No final dos cinco encontros presenciais, das propostas e exercícios, o aluno receberá um certificado que confirma as horas de formação prática avançada, como “Direção partilhada de casos práticos”.

Para a obtenção desde certificado é indispensável ter assistido a todos os encontros de fim-de-semana previstos.


OBSERVAÇÔES

Número limitado de vagas para a criação de uma turma.


PEDIDO DE INFORMAÇÕES